O local, Estalagem Terra Nova, tem Área total de 233.000 m², com ótimas opções de lazer e comodidade.

  • Quadra de Tênis e Campo de Futebol
  • Quadra Poliesportiva com Iluminação
  • 2 Piscinas
  • Espaço para Luau
  • Cachoeira e Lagos
  • Mini Fazenda e Playground
  • Salão com Lareira
  • Refeitório para 300 pessoas

Secretaria - seg à sex - 13h às 18h
Escola Bíblica: 10h00 (dom)
Culto: 18h00 (dom)
Reunião de Oração: 14h30 (qui)
Santa Ceia: 1º domingo às 18h - 3º domingo às 10h

MISSÃO: Anunciar o Evangelho transformador de Jesus Cristo que traz vida nova a todos

VISÃO: Ser uma Igreja relevante, vivendo o Evangelho em comunidade e contribuindo para o crescimento do Reino de Deus

VALORES: Acolhimento, Relacionamentos, Serviço, Missões

Segunda, 08 Maio 2017 23:28

Como pedir perdão

Written by John Piper
Rate this item
(0 votes)

Versículo do dia: Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados. (1 João 1.9)

Lembro-me de ouvir um dos meus professores no seminário dizer que um dos melhores testes da teologia de uma pessoa era o efeito que ela tem sobre as suas orações.

Isso me pareceu verdade por causa do que estava acontecendo em minha própria vida. Noël e eu havíamos acabado de nos casar e estávamos tendo como nosso hábito orarmos juntos todas as noites. Observei que durante os cursos bíblicos que estavam moldando minha teologia mais profundamente, minhas orações estavam mudando dramaticamente.

Provavelmente a mudança mais significativa naqueles dias foi que eu estava aprendendo a argumentar diante de Deus sobre o fundamento da sua glória. Começar com “santificado seja o teu nome” e terminar com “em nome de Jesus” significava que a glória do nome de Deus era o alvo e o fundamento de tudo o que eu orava.

E que força adentrou em minha vida quando aprendi que a oração por perdão deve ser baseada não apenas em um apelo à misericórdia de Deus, mas também em um apelo à sua justiça em creditar o valor da obediência do seu Filho. “Deus é fiel e justo para nos perdoar os pecados” (1 João 1.9).

No Novo Testamento, o fundamento de todo o perdão dos pecados é revelado mais claramente do que no Antigo Testamento, mas a base do compromisso de Deus com o seu nome não muda.

Paulo ensina que a morte de Cristo demonstrou a justiça de Deus ao perdoar os pecados e vindicou a justiça de Deus ao justificar os ímpios que confiam em Jesus e não em si mesmos (Romanos 3.25-26).

Em outras palavras, Cristo morreu de uma vez por todas para livrar o nome de Deus do que parece um erro grosseiro de justiça — a absolvição dos pecadores simplesmente por causa de Jesus. Mas Jesus morreu de tal maneira que o perdão “por causa de Jesus” é o mesmo que o perdão “por causa do nome de Deus”.

 

Read 142 times Last modified on Segunda, 08 Maio 2017 23:38

Igreja Presbiteriana Independente Vida Nova
R. Princesa Isabel, 1123 - Campo Belo - São Paulo - SP - 04601-003
(11) 5542-7131 - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Horários:
Secretaria - seg à sex - 13h às 18h
10h00 (dom) - Escola Bíblica
18h00 (dom) - Culto
14h30 (qui) - Reunião de Oração
Santa Ceia:
1º domingo às 18h - 3º domingo às 10h

Chuvas

20°C

São Paulo

Chuvas
Humidade: 80%
Vento: NNO a 28.97 km/h
Segunda 13°C / 18°C Chuvas
© 2015 IPI Vida Nova. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper